Formação de palavras: derivações irregulares

 2. Formação de palavras: derivações irregulares

Como já aprendeste nos anos anteriores, há vários processos de formação de palavras (regulares e irregulares): a derivação e a composição.

Há dois tipos de derivação:

  • Aquela em que se acrescentam palavra primitiva pequenos elementos que não possuem significado próprio e que podem ser afixados antes (prefixos) ou depois (sufixos);
  • Aquela em que se forma uma nova palavra sem recorrer a prefixos nem sufixos.

a) Prefixação

Associação de um prefixo a uma forma de base.

Exemplos:

  • Ilegal
  • Desgraça
  • Indelicado
  • Contradizer.

b) Sufixação

Associação de um sufixo a uma forma de base.

Exemplos:

  • Frescura
  • Saboroso
  • Delicadeza.

c) Parassíntese

Associação simultânea de um prefixo e um sufixo a uma forma de base.

Exemplos:

  • Enlouquecer
  • Desviar
  • Enfeitiçar
  • Avermelhar.

d) Derivação imprópria

Integração da palavra numa nova classe de palavras, sem que se verifique qualquer alteração na forma.

Exemplos:

  • (o) jantar
  • (o) olhar
  • (o) saber

e) Derivação regressiva

Criação de nomes a partir de verbos.

Exemplos:

  • Quebra (do verbo quebrar)
  • Ataque (do verbo atacar).

A composição consiste em formar uma nova palavra a partir da junção de duas ou mais palavras primitivas. Pode ocorrer por aglutinação ou por justaposição.

Aglutinação

Formação de uma palavra a partir da união de palavras primitivas ou de radicais.

A palavra resultante está sujeita a um único acento (o do último elemento).

Exemplos:

  • Lobisomem
  • Mariana
  • Madrepérola
  • Girassol.

Justaposição

Formação de uma palavra a partir de duas ou mais palavras, que mantém a respectiva acentuação.

Exemplos:

  • Guarda-noturno
  • Surdo-mudo
  • Abaixo-assinado
  • Água-de-colónia.

Processos irregulares de formação de palavras

Na formação de palavras há processos regulares e irregulares. Agora vamos ver como se processa a formação irregular de palavras.

Atenta no quadro seguinte.

a) Estrangeirismo ou empréstimo

Transferência de uma palavra de uma língua para outra.

Exemplos:

  • Atelier
  • Menu
  • Snob.

b) Extensão semântica

Alargamento do significado de uma palavra.

Exemplos:

  • Navegar (na Internet)
  • Rato (acessório para computador).

c) Amálgama

Criação de uma palavra a partir da junção de partes de duas ou mais palavras.

Exemplo:

  • Informática (informação + automática).

d) Truncação

Criação de uma palavra a partir da eliminação de uma parte da palavra de que deriva.

Exemplos:

  • metro(politano)
  • foto(grafia).

e) Sigla

Termo formado pelas iniciais das palavras que lhe deram origem. Pronuncia-se letra a letra.

Exemplo:

  • PRM (Polícia da República de Moçambique)
  • EDM (Electricidade de Moçambique)

f) Acrónimo

Termo formado pela junção de sílabas ou letras iniciais. Lê-se como se fosse uma só palavra.

Exemplo:

  • ONU (Organização das Nações Unidas).


Bibliografia

FERNÃO, Isabel Arnaldo; MANJATE, Nélio José. Português 12ª Classe – Pré-universitário. 1ª Edição. Longman Moçambique, Maputo, 2010.

 


Comentários